Rolling Stone Country

Sérgio Reis

O cantor sertanejo Sérgio Reis
O cantor sertanejo Sérgio Reis - Foto: Divulgação
Nome CompletoSérgio Bavani
Data Nascimento23/05/1940
79 anos, 9 meses
Local NascimentoSão Paulo
Site Oficial Sérgio Reis
Facebook Oficial Sérgio Reis
Twitter Oficial Sérgio Reis
Instagram Oficial Sérgio Reis
Wikipedia Sérgio Reis

Sérgio Reis, nome artístico de Sérgio Bavani, nasceu em 23 de junho de 1940 no bairro de Santana, em São Paulo. Sérjão, como é carinhosamente chamado, é um dos mais importantes cantores da música sertaneja. O sobrenome "Reis" vem de sua mãe e foi escolhido para compor o nome do cantor porque ele não achava o sobrenome do pai adequado para o ramo.

Em 1972 ele gravou seu primeiro disco de música sertaneja com a canção "Menino da Gaita". Em seguida os sucessos de "Menino da Porteira", "Adeus Mariana", "Disco Voador", "Panela Velha", "Filho Adotivo", "Pinga ni Mim" e várias outras canções. Seu disco O Melhor de Sérgio Reis, lançado em 1981, vendeu mais de 1 milhão de cópias.

Em 2002, Sérgio homenageou o Rei Roberto Carlos com o disco Nossas Canções, no qual interpretou várias músicas de Roberto. Em 2003, o cantor gravou o primeiro DVD da carreira, Sérgio Reis e Filhos - Violas e Violeiros. No show da gravação, Sérgio recebeu seus filhos que o acompanharam durante as músicas. Em 2009, também foi lançada uma coletânea de sucessos do cantor, chamada Cantando o Brasil, com quatro volumes, trazendo os sucessos mais marcantes da carreira. No mesmo ano, Reis foi homenageado no filme O Menino da Porteira, que foi refilmado e o protagonista do longa foi interpretado pelo sertanejo Daniel.

Em 2010 o cantor completou 40 anos de pareceria com Renato Teixeira. Lançou, então, o DVD e CD Amizade Sincera com vários clássicos da música sertaneja. O projeto também contou com a presença do filho do cantor, Paulo, e dos filhos de Renato, João e Chico. O DVD ganhou disco de ouro. Em 2015, a segunda edição do álbum recebeu o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja.

Serjão já recebeu 6 indicações ao Grammy Latino, a maior premiação de música da América Latina. Sendo o artista que mais vezes foi indicado ao prêmio. Sérgio Reis conquistou prêmio por duas vezes, sendo em 2014 a primeira, pelo álbum Questão de Tempo, além de outras homenagens prestadas no Brasil.

Discografia:

  • Coração de Papel - 1967
  • Anjo Triste - 1969
  • Sérgio Reis - 1973
  • João de Barro - 1974
  • Saudade de Minha Terra - 1975
  • Retrato do Meu Sertão - 1976
  • Sérgio Reis - Disco de ouro - 1977
  • O Menino da Porteira - 1977
  • Relaciones Internacionales - 1977
  • Mágoa de Boiadeiro - 1978
  • Natureza - 1978
  • Sérgio Reis - 1979
  • Sérgio Reis - 1980
  • Sérgio Reis - Disco de ouro - 1980
  • Boiadeiro Errante - 1981
  • O Melhor de Sérgio Reis - 1982
  • Os Grandes Sucessos de Sérgio Reis - 1982
  • A Sanfona do Menino - 1982
  • Sérgio Reis - Disco de ouro - 1983
  • Sérgio Reis - 1983
  • Sérgio Reis - 1984
  • Sérgio Reis - 1985
  • O Melhor de Sérgio Reis - Vol. 2 - 1985
  • Sérgio Reis - 1987
  • Sérgio Reis - 1988
  • Sérgio Reis - 1989
  • Pantaneiro - 1990
  • Sérgio Reis - 1991
  • Sérgio Reis - 1993
  • Sérgio Reis - Acervo Especial - 1993
  • Ventos Uivantes - 1994
  • Grandes Sucessos de Sérgio Reis - 1995
  • Os Originais - Sérgio Reis - 1995
  • Marcando Estrada - 1996
  • O Rei do Gado - 1996
  • Vida Violeira - 1997
  • Boiadeiro -1997
  • Sérgio Reis - Coleção JT - 1998
  • Sérgio Reis - Do Tamanho do Brasil - 1998
  • Essencial - 1998
  • Sérgio Reis - Popularidade - 1999
  • Essencial de Sérgio Reis - 1999
  • Melhor de Sérgio Reis - 1999
  • Série Bis - Jovem Guarda - 2000
  • Sérgio Reis - Dose Dupla - 2000
  • 40 anos de Estrada - 2000
  • Sérgio Reis & Convidados - 2000
  • Sérgio Reis - 2000
  • Sérgio Reis - 100 anos de Música - 2001
  • Sérgio Reis - Nossas Canções - 2002
  • O Divino Espírito do Sertão - 2003
  • Sérgio Reis e Filhos - Violas e Violeiros - 2003
  • Tributo a Goiás - 2007
  • Coração Estradeiro - 2008
  • 50 Anos Cantando o Brasil - 2009
  • Amizade Sincera (ao vivo, com Renato Teixeira) - 2010
  • Questão de Tempo - 2013
  • Amizade Sincera II - 2015

Artigos relacionados a Sérgio Reis