Rolling Stone Country
Sertanejo » Prejuízo

Músicos podem perder até R$ 140 milhões em direitos autorais com o cancelamento de shows e eventos públicos

O fechamento de bares e casas de shows afetou o mercado musical

Redação Publicado em 01/04/2020, às 14h30

Marília Mendonça, Luan Santana e Matheus & Kauan foram os artistas mais executados nas rádios
Marília Mendonça, Luan Santana e Matheus & Kauan foram os artistas mais executados nas rádios - Foto: Reprodução/Instagram

A quarentena voluntária para evitar a disseminação do novo coronavírus pode causar um prejuízo de até R$140 milhões para o mercado fonográfico brasileiro. 

+++Leia Mais: Gusttavo Lima supera Wesley Safadão e se torna o cantor mais seguido do Brasil

A informação foi publicada pelo site revista Veja, nesta terça, 31, uma entrevista com a superintendente executiva do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), Isabel Amorim.  

Nós explicamos: além de se apresentarem nos palcos e ganharem dinheiro com o cachê dos shows, boa parte do valor arrecadado pelos artistas é fruto do pagamento dos direitos autorais de reprodução em espaços públicos como bares, casa de eventos. 

“É um dinheiro que não será recuperado nunca mais. No caso dos shows, alguns serão remarcados para outras datas. Porém, não haverá uma nova reprodução pública da música em outra data. Se não tocou, não têm direito autoral para pagar”, diz.

Até que todo retorne ao normal, a renda dos artista estará nas reproduções na mídia como rádios, televisão e plataformas digitais. “Esse pagamento nunca foi tão importante para a música, já que quase todas as outras fontes de renda dos artistas foram comprometidas.”

+++Leia Mais: Web tem melhores reações ao anúncio da live de Jorge & Mateus: 'O Brasil dividido pelo Paredão do BBB20 e vai se unir'

Marília Mendonça, Luan Santana, Matheus & Kauan, Felipe Araújo, Maiara & Maraisa, Jorge & Mateus, Zé Neto & Cristiano, Gusttavo Lima, Simone & Simaria, Bruno & Marrone, Wesley Safadão e Yasmin Santos foram os sertanejos que mais arrecadaram pelas rádios em janeiro deste ano.

Seguindo as recomendações das instituições de saúde públicas, todos os shows e festivais que aconteceriam nos próximos meses foram adiados ou cancelado. Com isso, muitos artistas se uniram para conscientizar os fãs a ficar em casa e estão fazendo lives com shows virtuais

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.