Rolling Stone Country
Sertanejo » Agressão

Roberta Miranda comenta caso de Victor Chaves: "Alguns canalhas merecem prisão perpétua"

Cantora também falou sobre o caso do goleiro Bruno e sobre a falta de justiça

Redação Publicado em 15/01/2020, às 10h25

Roberta Miranda critica condenação de apenas 18 dias dada ao cantor Victor
Roberta Miranda critica condenação de apenas 18 dias dada ao cantor Victor - Reprodução/Twitter/Instagram

Roberta Miranda mostrou a indignação com o caso de agressão de Victor, ex-dupla de Léo, na terça, 14. Nesta semana, um vídeo do cantor chutando e empurrando a esposa foi exibido pela Record TV. O cantor chegou a cumprir 18 dias de prisão em regime semi-aberto no final do ano passado, que podiam ser convertidos em trabalho voluntário.

"Ele mentiu tanto, pediu até para que a coitada da esposa mentisse. Está aí o vídeo. Eu ainda tinha esperança no caráter dele, mas infelizmente foi isso mesmo que todos nós acabamos de ver. Chutar uma esposa grávida, que isso? Que isso? E a pena ser 18 dias, semi-aberto? A justiça fazendo isso está realmente dando vazão e incentivando alguns canalhas a fazer o que querem com a mulher", disse Roberta

+++ Leia Mais: Imagens de Victor Chaves agredindo ex-mulher são divulgadas pela Record TV

A cantora ainda aumentou o espectro do discurso para abranger todos os casos de agressão contra a mulher, que, em grande parte, deixam o homem sem punição. "Imagina, eu mato minha mulher, eu dou minha mulher para meu cachorro comer, como o negócio do Bruno, esse goleirinho de merda. Cara, e aí só tenho 18 dias, 20 dias. Claro que vai continuar isso".

Roberta Miranda aproveitou o momento para pedir a maior punição dos culpados em casos de violência contra a mulher. "Por que não redobrar? Colocar 40 anos, 50, prisão perpétua para esse tipo de gente? É verídico, ninguém está mandando alguém para prisão perpétua por suposições, está comprovado!", disse. 

O vídeo veiculado pela Record faz parte do circuito interno do prédio no qual o casal morava e está no processo contra Victor, que aparece visivelmente nervoso nas imagens. Segundo a reportagem, Poliana Bagatini estava grávida de quatro meses e teria discutido com a sogra, gerando a raiva do cantor, que deferiu golpes e empurrou a ex-mulher ao chão, levantando as pernas como em um chute. 

"Parece que a mulher serve para procriar, dar filhinho, cuidar da mesa, cuidar da caminha, fazer comida, acariciar, dar beijinho e ainda estar de bom humor na hora de ceder, mesmo sem ter vontade, porque está cheia de mágoa, como vai fazer?", indignou-se Roberta

+++ Leia Mais: "Fracasso te dá boas lições", diz Léo sobre carreira sem o irmão Victor

"Está na hora de reagir. Mulheres, passou da hora de reagir. O primeiro grito, vai ali na delegacia", pediu a cantora em um apelo final. 

Condenação de Victor 

No final de 2019, Victor foi condenado a 18 dias de prisão em regime aberto, que pode ser convertida em trabalhos comunitários, por agressão. No exame de corpo de delito de Poliana não constatou lesão corporal.

Separação de Victor & Léo

Em 2017, quando a dupla Victor & Leo era jurada do The Voice Kids, na Globo, a mulher de VictorPoliana Chaves, registrou um boletim de ocorrência onde afirmava ter sido agredida por Victor. A denúncia fez com que o cantor se afastasse do programa e Léo se viu envolvido no meio de um fogo cruzado entre defender ou não o irmão.

Depois daquele episódio, no entanto, eles seguiram juntos por mais dois anos até que a dupla foi desfeita. Léo Chaves, atualmente, era jurado de programa na Record, mas foi substituído pouco antes da emissora exibir o vídeo que comprovava a agressão de Victor à ex-mulher. 

Em entrevista à Rolling Stone Country, Léo Chaves falou que as acusações contra o irmão não tiveram nada a ver com a separação de Victor & Léo. "Não teve absolutamente nenhuma relação para eu seguir solo. A gente continuou dois anos depois, fazendo show e lançando projetos. Depois daquele episódio fizemos mais duas turnês anuais. Não teve nada a ver.”, disse Léo.

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.