Rolling Stone Country
Sertanejo » Lembranças

Por que Sérgio Reis não gostava de 'Pinga Ni Mim', um dos maiores sucessos da carreira? Entenda caso

O cantor gravou a música em 1987 e até hoje ela faz parte do repertório fixo nos shows

Redação Publicado em 19/07/2020, às 10h00

Sérgio Reis desaprovou a 1° versão da música
Sérgio Reis desaprovou a 1° versão da música - Foto: Reprodução/Instagram

Em 1987, Sérgio Reis gravou a música "Pinga Ni Mim", que até hoje é considerada um dos maiores clássicos da carreira e até hoje faz parte do repertório fixo nos shows. Contudo, o que muitos não sabem é que o sertanejo não gostou da música ela foi lançada pela primeira vez. 

No ano anterior, a dupla Teodoro & Sampaio haviam gravado uma outra versão do hit, mas ao ouvi-lá, Sérgio sentiu que a melodia escolhida não expressava a verdadeira mensagem da letra e faltava algo. 

+++Leia Mais: História do sertanejo: a trajetória percorrida até a consolidação de um dos maiores ritmos do Brasil

Durante uma entrevista feita em 2015 pelo "Domingo Espetacular", transmitido pela Record TV, o artista criticou a escolha da dupla. "Não gostei do estilo da música, do jeito como ela foi cantada, porque eles não acertaram o ritmo", disse. 

A iniciativa para que Sérgio gravasse a canção partiu o produtor musical que insistiu e preparou tudo para que o cantor colocasse a voz apenas no final da produção. 

Anos depois, Sérgio convidou Teodoro & Sampaio e juntos, gravaram uma nova versão do clássico. 

+++Leia Mais: 5 cantores que desaprovam os novos caminhos do gênero musical sertanejo universitário [LISTA]

"Pinga Ni Mim" é composição de Elias Filho, conhecido como o "rei da sanfona". A inspiração para a letra surgiu quando Elias ouviu a expressão "pinga ni noís" em um bar e o trocadilho fez com que a letra se tornasse um sucesso.

Confira a versão de Sérgio Reis e Teodoro & Sampaio:

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.