Rolling Stone Country
Sertanejo » Futuro

"Mundo pós pandemia': mercado cultural terá que se adaptar à nova rotina dos sertanejos

Diversos artistas declararam que não retornaram aos palcos com a agenda completa

Redação Publicado em 14/06/2020, às 10h00

Wesley Safadão e Zezé Di Camargo
Wesley Safadão e Zezé Di Camargo - Foto: Reprodução/Instagram

A pandemia do novo coronavírus afetou todo o mercado cultural, assim como o sertanejo. Desde março, todos os shows do ritmo estão cancelados e os artistas tiveram que se reinventar para atender a demanda dos fãs. Assim, as lives se tornaram o verdadeiro fenômeno durante o isolamento social

Antes do cancelamento dos eventos, boa parte dos cantores se apresentavam mais de 20 vezes por mês e apresentavam mais de um show na mesma noite. Contudo, os artistas estão se apresentando com um espaçamento de tempo maior. 

Luan Santana, por exemplo, um dos artistas com a agenda concorrida, se apresentou somente duas vezes. O sertanejo preferiu realizar shows virtuais baseados em um tema. A primeria, batizada de “História”, contou com 80% do repertório com canções dos primeiros projetos da carreira. Já a segunda, batizada de “Love”, foi em comemoração ao Dia dos Namorados. 

É o exemplo vai além de Luan Santana. Outros nomes da música sertaneja, também se apresentaram poucas vezes. 

Em diversas entrevistas - e para portais diferentes - os sertanejos declaram estar focando o tempo para trabalhar em projetos futuros e aproveitar o momento ao lado da família, já que a agenda de shows impedia. 

Em entrevista à Rolling Stone Country, Kauan, dupla de Mateus, disse que o momento tem sido muito gratificante por poder estar ao lado dos filhos e ajudar nas lições de casa da escola e nos horários de refeições. 

Zezé Di Camargo também contou que o “descanso” dos shows tem lhe trazido, bons momentos e benefícios. “Estou adorando dar um tempo, descansando, fazer as coisas que não fazia, cuidar da saúde, ficar com a família”, disse. “Para mim veio em boa hora”.

A dupla sertaneja George Henrique & Rodrigo afirmou que a pandemia irá afetar os próximos passos da carreira e que estão aproveitando o período para analisar a “loucura de shows e viagens”. 

Wesley Safadão também já confirmou que pós o retorno de shows, não irá retomar com a correria de viagens e a agenda lotada de shows

Até o momento, não há previsão para o retorno das apresentações ao vivo. Porém, analisando diversas declarações e o modo em que as lives estão sendo apresentada, o mercado cultural será afetado além do período de afastamento. 

O público do sertanejo terá que se adaptar à nova rotina dos artistas sertanejos.

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.