Rolling Stone Country
Sertanejo » Saudades

Motorista de Cristiano Araújo é condenado pela morte do cantor e da namorada Allana Moraes

O casal morreu em julho de 2015 após um acidente de carro

Redação Publicado em 19/12/2019, às 12h00

O cantor tinha 29 anos e a namorada 19 quando morreram
O cantor tinha 29 anos e a namorada 19 quando morreram - Foto: Reprodução/Facebook @CristianoAraujoEfeitos

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) condenou Ronaldo Miranda, ex motorista de Cristiano Araújo, pela morte do cantor e da namorada Allana Moraes

A decisão foi tomada após analisarem o pedido de recurso da defesa do motorista para que Ronaldo fosse inocentado por não ter responsabilidade sobre os fatores que levaram à morte das vítimas.

+++Leia Mais: Felipe Araújo se emociona ao lembrar do irmão: "Cristiano está presente em todos os momentos"

Em 2018, o motorista havia sido condenado a dois anos e sete meses por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e o pagamento de uma multa de 25 mil reais a ser paga para às famílias das vítimas. 

O laudo da perícia comprova que além de estar a 178 Km/h, velociade muito acima do permitido, o motorista já havia sido alertado pela qualidade dos pneus, que estavam danificados. 

+++Leia Mais: Cantor sertanejo Igor de Oliveira morre em acidente de carro em Itu

Cristiano Araújo e Allana Moraes morreram em 2015, em decorrência de um acidente de carro. O cantor voltava de um show em Itumbiara, acompanhado da namorada quando o veículo conduzido pelo motorista Ronaldo Miranda saiu da pista na BR-153 e capotou. Cristiano e Allana morreram na hora.

O acidente comoveu o país e principalmente os artistas do cenário sertanejo. Cristiano, que vivia um momento muito feliz na carreira, morreu aos 29 anos. 

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.