Rolling Stone Country
Sertanejo » Sucesso

Mesmo com menos vozes, mulheres representam 62% do público da música sertaneja

Dados mostram também que o ritmo domina mais entre os mais jovens

Redação Publicado em 11/07/2020, às 10h00

None
Foto: Reprodução/Instagram

O sertanejo é um dos maiores ritmos brasileiros. Atualmente, o ritmo divide com o funk as primeiras posições nas paradas musicais das plataformas de streaming. No Spotify, por exemplo, a maior playlist é a Esquenta Sertanejo, que alcançou a marca de  2 bilhões de streams.

Nas rádios, o ritmo dominou os rankings nos últimos cinco anos. Segundo os dados da Crowley,  empresa especializada em gravação e monitoração eletrônica de rádio, desde 2015, o sertanejo conquistou as 10 primeiras colocações entre as mais executadas. Entre as 50 músicas mais tocadas, 48 são sertanejas e 2 pertencem ao forrozeiro Wesley Safadão, que tem uma aproximação grande com o ritmo. 

+++Leia Mais: História do sertanejo: a trajetória percorrida até a consolidação de um dos maiores ritmos do Brasil

 O blog Betway Insider preparou um documento que mostra que o domínio do gênero nos últimos anos é uma coincidência. O chamado "sertanejo universitário" foi responsável pela propagação do ritmo nos grandes centros urbanos e a maior parte do público estão na faixa etária entre 25 a 34 anos, sendo 37% dos adeptos. 

Os mais jovens (18- 21) representam 21%, pessoas entre 35 e 44 cerca de 23%. Os demais, entre idosos e crianças representa 19% do público sertanejo. 

+++Leia Mais: Machismo no sertanejo: letras reforçam a violência, ideologias de inferioridade e posse com mulheres

Mesmo que o número de mulheres que alcançaram o sucesso representa uma parcela muito pequena em comparação ao de artistas homens, o público feminino representa 62% e o masculino 38%. 

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.