Rolling Stone Country
Sertanejo » Polêmica

Kauan, dupla de Matheus, reflete sobre cobrança de posicionamento político: 'É melhor nem falar'

O cantor disse que prefere não comentar sobre, por não ter o conhecimento necessário

Isabelle Colina Publicado em 29/05/2020, às 14h02

Matheus & Kauan não comentam sobre política
Matheus & Kauan não comentam sobre política - Foto: Divulgação

Matheus & Kauan viram os nomes envolvidos em polêmicas políticas recentemente. Tudo porque, a canção “Quarta Cadeira”, da dupla com participação de Jorge & Mateus se tornou meme com a saída de ministros Luiz Henrique Mandetta, Sérgio Moro, Nelson Teich e a ex- secretária Regina Duarte do governo Bolsonaro. 

Neste ano também, a dupla foi mencionada entre os participantes de uma reunião de artistas  sertanejos com o presidente Bolsonaro.Matheus & Kauannegaram envolvimento na reunião. 

+++Leia Mais: Sertanejo e política? Lives de Gusttavo Lima e Henrique & Juliano aquecem debate sobre 'cancelamento' e divide web

A dupla não se pronunciou em ambas associações com o governo de Jair Bolsonaro. A RS Country conversou com Kauan e questionou como ele se sente com a cobrança de declarar posicionamento político. 

“Não é que a gente não tenha opinião, mas nem tudo a gente é obrigado a comentar. Hoje em dia, as pessoas colocam uma obrigação que todos têm que se posicionar sobre certos assuntos. Tem coisas que se você for falar não estando preparado, vai acabar falando bobeira, então, é melhor nem falar”, inicia. 

+++Leia Mais: Matheus & Kauan lança novo DVD para falar de amor: 'O mundo já tem tanta coisa ruim acontecendo' [ENTREVISTA]

“Procuramos não criar polêmica nesse tipo de situação. Lógico, me preocupo muito com a política do nosso país, acompanho tudo. Mas procuro não me posicionar porque nunca vai agradar todo mundo. Eu não me deixo levar pela cobrança das pessoas. Ninguém é dono de ninguém para obrigar a gente falar. Se eu não me sentir bem, não vou falar", conclui. 

Alguns sertanejos declaram publicamente apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro, entre eles, Zezé Di Camargo, Henrique & Juliano, Gusttavo Lima, Zé Neto & Cristiano e Eduardo Costa.  

+++Leia Mais: Separamos 5 sofrências sertanejas que definem as polêmicas do governo Bolsonaro [LISTA]

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.