Rolling Stone Country
Sertanejo » Desabafo

"Homossexualidade jamais pode ser chamada de ofensa”, diz Luan Santana

O cantor disse que sofria com comentários maldosos quando era jovem

Redação Publicado em 22/10/2019, às 10h56

Luan Santana comentou também sobre seu relacionamento
Luan Santana comentou também sobre seu relacionamento - Foto: Reprodução/Instagram @luansantana

Luan Santana, em uma entrevista à revista Veja, revelou que já chegou a se questionar sobre sua orientação sexual graças a comentários ofensivos que recebeu em sua carreira.

"Eu me incomodei tanto com os boatos de que eu seria homossexual que comecei a me questionar se me sentava de um jeito muito afetado, sei lá. Saíram boatos na imprensa, na TV. Mas sei que o homossexualismo jamais pode ser chamado de ofensa."

O cantor afirmou que, no início de sua carreira, cerca de 10 anos atrás, se incomodava mais, devido a sua idade e inexperiência.

Também na entrevista, Luancontou um pouco sobre suas experiências sexuais e seu relacionamento com a design de moda Jade Magalhães, de quem está noivo desde setembro deste ano.

"Com 16 anos, eu já tinha tido minha primeira namoradinha. Depois, tive algumas ficantes antes e depois da Jade, aliás. Mas a primeira relação dela foi comigo. A gente queria só aproveitar o momento", disse.

“Eu nunca pensava em casamento. Mas chegou a um determinado ponto em que a vi como a mulher da minha vida. Ela é minha parceira, a pessoa que me entende e me conhece como ninguém. É isso que a gente precisa para casar, não é? O relacionamento que eu tenho com a Jade é algo que vai além de sexo: é uma coisa divina. A Jade passou por muitos momentos difíceis comigo. Ela é a pessoa para quem eu olho todos os dias e penso: 'Eu achei'", finalizou.


Siga a @RSCountryBR nas redes sociais: