Rolling Stone Country
Sertanejo » Emoção

Jakson Follmann presta homenagem às famílias das vítimas do acidente da Chapecoense

O ex-jogador é um dos sobreviventes e se emocionou ao lembrar dos companheiros

Redação Publicado em 02/12/2019, às 11h58

O cantor está entre os favoritos do programa
O cantor está entre os favoritos do programa - Foto: Reprodução/Instagram @jaksonfollman

Neste domingo, 1º, Jakson Follmann, um dos maiores destaques da temporado do programa Popstar da TV Globo, emocionou o público e jurados ao cantar “Impressionando os Anjos”, de Gustavo Mioto.

Para surpresa de todos, o cantor apareceu de surpresa no programa e cantou um dueto com Follmann. Os dois são grandes amigos e brincaram com o apelido “Jacaré”, como Gustavochamo Jakson.

+++Leia Mais: Solteiro, Gustavo Mioto grava DVD e diz que letras são indiretas para outras pessoas

O ex-goleiro ficou com a voz embargada no início da apresentação e lembrou o quanto a música é importante para ele. Quando indagado pela apresentadora, Taís Araújo, o motivo da escolha da música, Jakson relembrou o acidente aéreo da Chapecoense em 2016.

"Sexta agora fez três anos do acidente e essa música é muito importante porque ela conta, no próprio clipe, uma história de uma família de um pai que perdeu a esposa, essa foi uma homenagem minha para as famílias", disse Follmann.

+++Leia Mais: Marília Mendonça faz composição em homenagem a Deus "Ele nos amou primeiro"

Apesar de estar imune e não precisar de avaliação dos jurados, Jakson emocionou todos, levando a cantora Fafá de Belém as lágrimas.

"Ele é um vitorioso, ele deu uma volta na vida e demonstrou aqui você mostrou uma gentileza, um abraço, uma solidariedade, um amor num momento grandioso de uma virada dele ele escolhe homenagear todos os seus colegas. Você já é um Popstar!", disse Fafá.

+++Leia Mais: "Nunca tiro meu sorriso do rosto": Jakson Follmann dá exemplo de superação no "Popstar"

Em entrevista recente à Revista Rolling Stone Country Brasil, Jakson comentou sobre o programa e a recuperação pós- traumática. "Nunca vou me ver como um ex-atleta. Não tem como não lembrar, não posso esquecer, faz parte da minha história. Mas a música sempre esteve na minha vida, como o futebol", disse Follmann

 

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.