Rolling Stone Country
Sertanejo » Furou quarentena

Festa clandestina com show de Bruno, dupla de Marrone, vira caso de polícia e multa pode chegar a R$30 mil

Cerca de 50 pessoas estavam no local, desrespeitando o decreto público que proíbe eventos com aglomeração

Redação Publicado em 29/06/2020, às 09h05

O cantor afirma que foi somente contratado para o evento
O cantor afirma que foi somente contratado para o evento - Foto: Reprodução/Facebook

Bruno, dupla de Marrone, se envolveu em uma polêmica no último sábado, 27. O cantor foi flagrado se apresentando em uma festa na cidade de Caldas Novas, em Goiás. De acordo com a PM, cerca de 50 pessoas estavam no local, contrariando um decreto público do município, que proíbe eventos com aglomeração para evitar a propagação do Covid-19. 

Segundo o portal O Popular, a polícia foi chamada inicialmente por reclamações de som alto. No local, os agentes acreditavam ser uma confraternização familiar, sem aglomerações e solicitaram somente que o volume fosse reduzido. 

+++Leia Mais: Bruno & Marrone são atrações do 'BBQMIX', o maior evento de churrasco do mundo; veja data, horário e como assistir

Contudo, a PM recebeu novas denúncias que mostram em fotos a aglomeração de pessoas. As imagens foram publicadas nas redes sociais e é possível ver um palco para shows e em uma delas, Bruno aparece cantando para o público. Segundo agentes da polícia, se tratava de uma festa de aniversário. 

Ao chegarem no local do evento, Bruno e outros convidados como as ex-BBBs Ivy Moraes e Anamara já haviam deixado o local. O tenente responsável pelo caso afirma que o sertanejo é amigo próximo do anfitrião. 

A assessoria de imprensa de Bruno afirma que ele foi contratado para cantar em uma festa de família e o contratante havia informado que estaria poucas pessoas no local. A dupla de Marrone teria percebido somente no local que se tratava de um evento para mais participantes. 

+++Leia Mais: Marrone, dupla de Bruno, é internado às pressas após passar mal em viagem; veja informações

Ainda segundo a assessoria, o anfitrião garantiu que todos presentes haviam sido submetidos ao teste de coronavírus e o resultado tinha sido negativo. O sertanejo permaneceu por uma hora no evento. 

A Secretaria de Meio Ambiente de Caldas Novas informou que o dono da festa pode pagar uma multa de até R$30 mil por infringir decretos municipais. 

+++Leia Mais: Bruno & Marrone faz revelação inusitada sobre desempenho sexual: 'Se beber muito, a gente brocha mesmo'

Reprodução/ Instagram

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Lucius Eventos (@luciuseventos) em

 

 

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.