Rolling Stone Country
Sertanejo » Novidade

De 'Princesinha do Forró' a mulher no sertanejo: conheça a trajetória e carreira de Andreza

A cantora conversou com a RS Country sobre as dificuldades e alegrias de trabalhar com a música

Redação Publicado em 30/07/2020, às 09h29

None
Foto: Reprodução/ Instagram

Muitos brasileiros sonham em seguir carreira na música sertaneja, pois, pode parecer sinônimo de sucesso. Contudo, o caminho é um dos mais difíceis e se destacar entre milhares de artistas não é uma tarefa fácil. A paulistana Andreza sonhava em viver dos palcos desde criança.

Aos 12 anos, a cantora tinha certeza que iria se dedicar à música. "Muitas pessoas não levam como profissão. Já me questionaram se eu era cantora e com o que eu trabalhava... Eu trabalho com música e o palco é meu oxigênio", afirma. 

+++Leia Mais: Após 11 anos de carreira, Sandro & Cícero encontram o sucesso no TikTok: 'Funknejo é o caminho' [EXCLUSIVA]

E foi nos barzinhos, festivais e eventos karaokê que Andreza encontrou a primeira oportunidade de gravar um projeto profissional. Aos 16 anos e ainda sem decidir qual ritmo iria se dedicar, lançou um CD com músicas que migravam entre o sertanejo ao gospel. 

Na ocasião, o forró estava em grande alta e para ajudar na carreira da jovem artista, a gravadora de Andreza lhe aconselhou a se dedicar somente ao ritmo nordestino. Em entrevista à Rolling Stone Country, a cantora relembrou a experiência. 

"Trabalhei por 10 anos com o forró e foi uma grande experiência. O público nordestino é muito bom de trabalhar e, ao mesmo tempo, muito exigente. Carrego grandes aprendizados. Muitos dos meus fãs permanecem comigo até hoje", conta. 

+++Leia Mais: Na contramão da superexposição, Henrique & Juliano veem o sertanejo no topo há 6 meses: 'São números que a gente não imaginava'

Pela pouca experiência nos palcos, no início da carreira recebeu o nome artístico de 'Andreza- A Princesinha do Forró', e até hoje, mesmo depois ter se despedido do ritmo, carrega com orgulho o título. 

Em 2015, a cantora recebeu uma proposta de migrar para o sertanejo, pois, receberia mais oportunidades profissionais e sem medo de se arriscar, consolidou a mudança com o projeto “Prá viver você”, e posteriormente com trabalho “Caminhos”.

"Na minha opinião, o artista não pode ficar rotulado e ele dever ser livre para cantar tudo.  Hoje o sertanejo e o forró caminham muito juntos. A carreira musical é muito difícil, precisava de investimento, pessoas comprometidas e como sempre fui muito independente, o sertanejo abriu muito mais campos para o trabalho e houve uma demanda maior", afirma Andreza. 

+++Leia Mais: Lives substituem shows e sertanejos criam nova forma de gravar DVDs ao vivo; confira detalhes dos projetos [EXCLUSIVO]

Atualmente, a cantora está se dedicando aos meios de comunicação com o público, como nas redes sociais. Aproveitando o período sem shows - devido à pandemia do Covid-19- Andreza está trabalhando na produção e escolha de repertório do primeiro DVD da carreira sertaneja. 

"Estamos preparando um novo projeto que deve conter participações especiais de artistas que eu admiro, principalmente da Roberta Miranda e do Daniel, que são meus grandes ídolos. Já estou devendo um DVD para a galera do sertanejo", garante. 

Confira mais do trabalho de Andreza:

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.