Rolling Stone Country
Sertanejo » Homenagem

Dama da Viola Pantaneira, Helena Meirelles ganha museu em cidade natal no MS

Helena foi considerada em 1993 como uma das 100 melhores instrumentistas do mundo

Redação Publicado em 11/12/2019, às 17h39

Helena Meirelles, Dama da Viola pantaneira
Helena Meirelles, Dama da Viola pantaneira - Foto: Divulgação

A cidade de Bataguassu, no Mato Grosso do Sul, homenageou nesta terça, 10, sua filha mais célebre, Helena Meirelles, uma das mais importantes violeiras do Brasil, morta em 2005. O museu, que agora leva o nome da artista, terá como missão preservar a cultura e a música produzida no estado.

+++Leia Mais Marília Mendonça e Anitta estão entre as artistas mais comentadas no Twitter em 2019

Considerada a Dama da Viola Pantaneira, Helena Meirelles foi reconhecida em 1993 pela revista norte-americana Guitar Player como uma das 100 melhores instrumentistas do mundo, que teve entre os jurados o guitarrista Eric Clapton. O feito foi conquistado pela perícia de Helena nas violas de seis, oito, 10 e 12 cordas.

Autoditada, Helena Meireles transpôs para a viola as experiências de vida que teve na região rural em que foi criada, no interior do Mato Grosso do Sul. O som de pássaros, de animais e da natureza ficam evidentes em músicas como “Xote Bem-Te-Vi” (1996), “O Passo do Tico-Tico” (1996), “Flor de Guavira” (1996), “Flor de Jasmim” (1994), “Araponga” (1994).

Ouça um as modas:

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.