Rolling Stone Country
Sertanejo » Preconceito

Gabeu, filho de Solimões, rebate comentários homofóbicos sobre LGBTs gostarem de sertanejo

Os comentários surgiram após a divulgação do Fivela Fest, 1º Festival "queernejo" do Brasil

Redação Publicado em 16/03/2020, às 17h57

Gabeu rebate comentários homofóbicos
Gabeu rebate comentários homofóbicos - Reprodução/Instagram

Neste domingo, 15, o cantor Gabeu, representante do pocnejo, falou sobre o preconceito acerca de pessoas da comunidade LBGT gostarem do estilo musical sertanejo. O assunto surgiu quando a divulgação do 1º Festival sertanejo do Brasil destinado ao público LGBT+, o Fivela Fest, repercutiu comentários homofóbicos na internet. 

+++ Leia Mais: Luan Santana vai ao hospital, mas não está com coronavírus

Primeiro cantor sertanejo assumidamente gay, Gabeu comentou nos stories sobre o consumo da música sertaneja pelo universo LGBT. "Existem pessoas sendo LGBTs que realmente gostam, mas também aqueles assim como eu que vivem no interior e em qualquer festa que você vá, é só sertanejo", disse ele. 

+++ Leia Mais: Zé Felipe anuncia lançamento de músicas inéditas e gravação de novo projeto

O filho de Solimões criticou os homossexuais que desaprovam a comunidade LGBT por gostar do estilo musical. "Não tem como a gente fingir que o sertanejo não existe e que não é posto para gente. Você acha que nós subvertemos algumas narrativas LGBTs pro meio ou a gente só escuta música pop?", comentou Gabeu.

O Fivela Fest será o primeiro festival queer sertanejo no Brasil. Os idealizadores do evento são os cantores Gabeu e Gali Galó. O objetivo da iniciativa é trabalhar a representatividade LGBT+ no estilo.

+++ Leia Mais: Marília Mendonça grava versão acústica de "Desejando eu" do namorado Murilo Huff

 

 
 

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.