Rolling Stone Country
Sertanejo » Lista

4 músicas sertanejas rejeitadas que viraram hits nas vozes de outros cantores

Consegue imaginar Gusttavo Lima cantando "Jenifer"?

Clara Guimarães Publicado em 16/11/2019, às 07h00

Gabriel Diniz estourou com "Jenifer" mas ela deveria ter sido de Gusttavo Lima
Gabriel Diniz estourou com "Jenifer" mas ela deveria ter sido de Gusttavo Lima - Foto: Divulgação

Não é incomum no mundo sertanejo músicas passarem pelas mãos de várias duplas, antes de encontrarem lugares definitivos no álbum de algum cantor. Se um rejeita, outra pessoa- ou dupla- tem a chance de dar voz às letras. 

Porém, em alguns desses casos, a música estoura nas paradas, vira um sucesso e os que a rejeitaram perguntam-se: por que eu não peguei ela pra mim?

Já aconteceu com Chitãozinho & Xororó,Zezé di Camargo & Luciano,Gusttavo Lima e muitos outros. Apesar do arrependimento, essas situações podem gerar, pelo menos, boas histórias.

A Rolling Stone Country Brasil separou quatro histórias de músicas sertanejas que foram rejeitadas antes de virarem hit. 


“Jenifer” - Gabriel Diniz

“Jenifer” foi a grande responsável pela revelação de Gabriel Diniz no mundo sertanejo. Logo depois de ser lançada, a canção tornou-se conhecida no Norte e Nordeste e, após algum tempo, atingiu em cheio o Sudeste, conquistando título de hit do verão. Inicialmente, “Jenifer” pertencia ao Gusttavo Lima, mas o cantor desistiu de colocá-la em seu repertório. 

Junior Lobo, um dos compositores de “Jenifer”, contou que Gusttavo Lima chegou até a  comprar e gravar a música, mas não seguiu em frente com ela. O hit, então, foi apresentado a Gabriel Diniz, que adquiriu os direitos e deu vida aos versos. 

A música possui quase 300 milhões de visualizações no YouTube e atingiu o primeiro lugar nas mais tocadas no Brasil do Spotify.


“Sinônimos”: Chitãozinho & Xororó 

O compositor de “Sinônimos”, Cláudio Noam, em parceria com César Augusto e Paulo Sérgio, produziu o hit pensando em Zezé Di Camargo & Luciano. A dupla, no entanto, foi obrigada a negar a música, porque já tinham o álbum praticamente completo.

Zezé contou que cerca de três meses depois recebeu uma ligação dos compositores informando que iriam apresentar a música para Chitãozinho e Xororó, que logo incluiu “Sinônimos” como segunda faixa do álbum Aqui o Sistema é Bruto, em participação com Zé Ramalho. 

O álbum vendeu mais de 180 mil cópias e conquistou o disco de platina. “Sinônimos” também virou trilha de novelas como A Favorita e A Escrava Isaura

 

“No dia em que eu saí de casa” - Zezé Di Camargo e Luciano

E como tudo que vai, volta, “No dia em que eu saí de casa", música que virou tema do filme Dois Filhos de Francisco e que representa tão bem Zezé di Camargo & Luciano, foi, antes, rejeitada pelos cantores de “Evidências”

Chitãozinho & Xororó havia acabado de lançar a música “Fogão de Lenha” quando o compositor Joel Marques ofereceu “No dia em que eu saí de casa”. Chitão ainda disse em entrevista ao Altas Horas que pediu para os compositores segurarem a música por um ano, até o lançamento do próximo álbum, mas sabia que as chances eram mínimas.

Não deu outra: a música chegou rapidamente no Zezé, que adorou a canção e a incluiu no sexto álbum de estúdio da dupla sertaneja. 

 

“Pense em Mim”: Leandro & Leonardo 

A música “Pense em Mim” nasceu em Santos pelas mãos de dois integrantes da Nova Dimensão, banda de bailes da cidade litorânea, Douglas Maio e Zé Ribeiro. Segundo eles, a música surgiu como uma piada depois de uma mulher aparecer chorando em show, dizendo que havia terminado com o noivo. Detalhe: “Pense em Mim” originalmente era algo mais próximo de um reggae, mais próximo de algo que uma banda de Santos poduziria.

“Pense em mim” chamou a atenção de Mário Soares, um músico que assistia ao show da Nova Dimensão. O músico recebe os direitos da música e a toca, algum tempo depois, em um programa de TV, onde Leandro & Leonardo também eram entrevistados. A dupla de irmãos decide incluir a faixa no repertório. 

“Eu nunca gostei dessa música. Achava chata porque foi algo que nasceu numa brincadeira. Não tinha sentimento, coração”, conta Maio. E, apesar disso, “Pense em Mim” virou um sucesso romântico na voz de Leandro & Leonardo, inclusive atingindo terras internacionais: a faixa no álbum Vol.4 da dupla foi gravada em 25 países diferentes.

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.