Rolling Stone Country
Entrevistas » Loubet

"Chifre é igual consórcio, um dia você é contemplado", diz Loubet sobre música

Em entrevista à Rolling Stone Country Brasil, cantor lembrou início da carreira

Ana Elisa Abddala Publicado em 18/11/2019, às 16h08

Loubet, cantor sertanejo dono do hit "Made in Roça"
Loubet, cantor sertanejo dono do hit "Made in Roça" - Foto: Divulgação

A vida do cantor sertanejo Loubet, 30, lembra os causos e histórias de pescador que ele cresceu ouvindo na pequena Bela Vista, de 24 mil habitantes, no interior do Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai. Nascido e criado no campo, ele ganhou o primeiro violão com 17 anos e logo começou a compor sobre o dia a dia na roça, inspirado pelo álbum Meu Reino Encantado (2000) do cantor Daniel.

Na próxima terça, 19, Loubet realizará mais sonho, digno daquelas histórias de pescador:  a gravação de um DVD só de músicas inéditas em São Paulo. Batizado de Ao Vivo no Coração do Brasil, o show será registrado na casa Coração Sertanejo e contará com a participação especial de Fernando & Sorocaba e Israel & Rodolfo.

Em entrevista exclusiva à Rolling Stone Country Brasil, feita na sede da Deezer, em São Paulo, Loubet contou que sente falta da calmaria do campo e para matar a saudade, quando possível, vai para a fazenda de um amigo ou pratica seu hobby predileto: a pesca. 

São nesses momentos de distração que o cantor tem inspirações para suas composições. "Quando fazemos o que gostamos, relaxamos. Eu gosto de pescar porque enquanto você espera os peixes, você pensa na vida. É aí que as ideias vêm. Na correria do dia a dia deixo passar as composições”, disse o cantor.

+++Leia Mais: Com superprodução, Enzo Rabelo cria parque de diversões em show em SP

Sertanejo bruto

Loubet começou a compor em 2005, quando tinha 16 anos, mas na época não pensava em ser cantor. Ele queria fazer faculdade sobre alguma disciplina relacionada ao campo. “Sempre gostei muito, já pensei em fazer veterinária ou agronomia, mas não tinha condições financeiras”.

Quando decidiu seguir carreira na música, a mãe do compositor não apoiou a ideia, mas com o tempo viu que o sucesso viria, e começou a apoiar. Foi aí que Loubet mudou para Campo Grande para se dedicar a nova carreira, inclusive formando duas duplas sertanejas que não deram certo até investir na carreira solo.

Loubet é frequentemente incluído no grupo dos sertanejos brutos, que são aqueles cantores de voz grave, estilo de cowboy e palavreado caipira com forte influência de João Carreiro & Capataz.

Nas letras, Loubet gosta de cantar músicas românticas, mas não deixa de lado também as músicas de corno. Em “Tá Rodada”, por exemplo, ele "homenageia" uma ex que o "chifrou". “A gente sempre acha que é único, mas como diz aquele velho ditado: 'chifre é igual consórcio, um dia você é contemplado'”, brincou.

+++Leia Mais: Zé Neto & Cristiano anuncia data de lançamento de "Bebi Minha Bicicleta”

Novo DVD

O repertório do DVD Ao Vivo no Coração Sertanejo contará com faixas inéditas, inclusive uma katchaca (ritmo regional da fronteira entre Brasil e Paraguai) que promete inovar um pouco o estilo seguido pelo cantor. 

Loubet destacou a participação especial de Fernando & Sorocaba no DVD, especialmente por causa da longa parceria que mantém com a dupla. “Fiquei dois anos no escritório deles. Foi uma experiência extremamente positiva, cresci muito e sou muito grato a eles. É um prazer receber os dois nesse novo projeto” afirmou o cantor.

No DVD, Loubet cantará com a dupla a música inédita “Canal do Boi”. A faixa, repleta de trocadilhos, conta a história de um rapaz que levou uma menina para ver um filme em casa, mas não tinha Netflix. Então, eles tiveram que ver o canal do boi. “Acho que é uma música que vai dar o que falar”, analisou Loubet. 

+++Leia Mais: 8 músicas sertanejas que não faltam em nenhum show e todo mundo sabe cantar

Sobre o futuro, o cantor disse que quer continuar a carreira até quando puder. “Acho legal ver artistas fazerem 40/50 anos de carreira. Fortalece o sertanejo e mostra que é um ritmo que ultrapassa gerações”, completou.

Para o Loubet, é gratificante escrever e cantar canções que façam sentido na vida das pessoas e, por isso, não se vê longe da música. "É muito bacana quando você escreve uma música que faz sentido, que conta a história de alguém ou sua própria história" contou o cantor.

Apesar do gosto pela composição, a vida corrida nem sempre permite Loubet ter tempo de escreve-las. O repertório de Ao Vivo no Coração do Brasil conta com apenas duas canções que o cantor participou da composição. Entretanto, com inovações e estilo bruto, o DVD promete ser mais um grande passo que o cantor dará.

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.