Rolling Stone Country
Internacional » Country

Saiba como Yola transcende gêneros musicais ao ressignificar a música country norte-americana [ANÁLISE]

Indicada para 4 categorias do Grammy Awards em 2020, Yola domina técnicas da música soul e country rock

Seham Furlan Publicado em 31/05/2020, às 18h00

Yola, cantora e compositora britânica
Yola, cantora e compositora britânica - Reprodução/ Instagram

Quando as minorias deslocam-se para espaços não óbvios, ou seja, ocupados por pessoas que se encaixam nos padrões aceitos socialmente, pode haver estranhamento.

Assim foi com Yolanda Claire Quartey, ou só Yola, uma cantora e compositora negra, nascida no Reino Unido, que explora sonoridades do soul-country -- mas ela não quer estar presa a um rótulo musical.  Definindo-se como parte de um "gênero fluido" e "fora do tempo", ela vem ocupando um espaço importante dentro da música country.

+++Leia Mais: Cantora Duffy, voz do hit "Mercy", revela que foi estuprada, drogada e mantida em cativeiro

Aos 36 anos, após passar duas décadas trabalhando nos bastidores, ela agora escreve a própria narrativa nas músicas e solta-as pelo mundo. Em 2020, a jornada musical também ganhou mais espaço com 4 indicações ao Grammy Awards, incluindo 'Artista Revelação' e 'Melhor Álbum do Ano'. 

+++ Leia Mais: Como Kacey Musgraves desafia o conservadorismo do country americano e ganha espaço na indústria [ANÁLISE]

Apagamentos dentro de um gênero musical

A música country norte-americana, assim como quase todos os gêneros dos EUA, relaciona-se com o blues. Com cadências, aparentemente, simples, improviso e melodias embebidas de interpretações melancólicas sobre o trabalho no campo, o gênero atravessa a história da música americana até hoje.

A influência da memória negra na música country já começa com o banjo. O instrumento de 4 cordas e sonoridade metálica, usado no country e blues, pode ser percebido no álbum Walk Through Fire, de Yola. A cantora, que de fato sobreviveu a um incêndio, decidiu retratar o episódio no álbum, também como metáfora que simboliza uma travessia em tempos difíceis. e assumir um caminho próprio. 

+++ Leia Mais: Dolly Parton, cantora country americana, traz conforto em meio à crise com nova música, ‘When Life Is Good Again’ [VÍDEO]

As vozes das mulheres no country

Yola, sem dúvidas, é dona de uma voz que transcende o country, remetendo aos vocais de outras cantoras como Aretha Franklin e Etta James.

Na música "Fly Away", Yola demonstra versatilidade ao dominiar também a técnica do 'iodelei', ou seja, uma rápida troca de registro vocal entre peito e cabeça - mudando o ponto de ressonância vocal - perceptível no refrão da música, que tem uma melodia folk com tratamento soul. Além da ritmada presença dos vocais e instrumentos de corda.

 

Yola integra o time de mulheres que vem tomando frente na música country, junto de Dolly Parton e Kacey Musgraves.

 

+++ Leia Mais: 7 canções essenciais para começar a ouvir Johnny Cash, o "Homem de Preto"

Resgate da memória e representatividade

O reconhecimento com as indicações do Grammy Awards e a estreia no Grand Ole Opry, uma importante casa de concertos americana que marca o ingresso no circuito musical country, vieram para consagrar um talento existente há muito em Yola.

A cantora, em entrevista ao The New York Times, afirmou que se sente preparada para assumir novos caminhos: "Posso continuar crescendo e, se precisar assumir outro risco, irei assumir. Tudo funciona. Não sou louca. Esta é a base sólida sobre a qual vou construindo a minha fabulosidade".

Siga a @RSCountryBR nas redes sociais e não perca nada do universo country e sertanejo.