Rolling Stone Country
Internacional » Homenagem

Como Billy Ray Cyrus reinventou a música "Some Gave All" para os veteranos de guerra

Cantor americano performou com quarteto acapela Voices of Service durante jogo de futebol americano

Brittney Mckenna, Rolling Stone Country EUA Publicado em 11/11/2019, às 13h26

Canção do álbum de 1992 fala sobre como alguns dão muito, em referência aos militares norte-americanos
Canção do álbum de 1992 fala sobre como alguns dão muito, em referência aos militares norte-americanos - Anthony Harvey/Shutterstock

No domingo, Billy Ray Cyrus juntou-se ao grupo acapela Voices of Service para uma apresentação especial durante o intervalo do jogo de futebol americano do Titans contra Chiefs. Cyrus e o quarteto da Virgínia, que ganhou reconhecimento nacional na 14° temporada de America's Got Talent, performaram a música "Some Gave All" de 1992, do cantor country, em homenagem ao Dia dos Veteranos de Guerra. 

+++Leia Mais: 10 coisas que aprendemos com o filme "The Gift" sobre Johnny Cash

"O Dia dos Veteranos é um feriado especial para todos nós, para saudar nossos veteranos e dizer: 'Obrigado por seu serviço e seu sacrifício'", disse Cyrus à Rolling Stone Countrydos EUA. "Aos militares, suas famílias e seu apoio a este grande país e pela nossa liberdade."

Cyrus e o quarteto, que ficou em quinto lugar no America's Got Talent, escolheram "Some Gave All" por seu retrato atemporal do sacrifício abnegado feito pelos membros do serviço e suas famílias. A música é ancorada pela poderosa letra "todos deram um pouco, alguns deram tudo" e foi inspirada em um encontro na vida real que Cyrus teve com uma veterana da Guerra do Vietnã chamada Sandy Kane no final dos anos 80.

A colaboração com o grupo Voices of Service foi natural para Cyrus, devido ao foco do quarteto em apoiar as organizações de veteranos e seu talento sobrenatural para harmonias. "Meu pai estava em um quarteto gospel e era tudo sobre harmonias em quatro partes", diz Cyrus.

+++Leia Mais: Ídolo do country americano compõe letra para música tema de "Breaking Bad"

“Quando ouvi o Voices [of Service], fiquei animado porque lembrava muito a harmonia do evangelho do sul em quatro partes, que faz parte do meu passado, presente e futuro. É o que eu realmente amo e fiquei animado com o som deles. Então, certamente, quando aprendi sobre a mensagem deles e o que eles representam, a esperança, a terapia e a bondade de fazer música para sua alma, sua mente, seu espírito - eu apenas pensei que era uma coisa bonita. Portanto, será realmente emocionante estar com eles na linha de 50 jardas".

Cyrus trabalhou pela primeira vez com o Voices of Service quando se juntou a eles para apresentar "Some Gave All" em um episódio do America's Got Talent. O grupo compreende os sargentos Caleb Green, Ron Henry,  Jason L. Hannah e Christal Rheams, alguns já aposentados.

"À medida que avançamos em direção à lembrança daqueles que serviram à nossa nação e no dia que originalmente marcou o fim da Primeira Guerra Mundial, a oportunidade de fazer parceria novamente com uma lenda da indústria como Billy Ray Cyrus é uma honra musical insondável para Voices of Service", diz Green à Rolling Stone Country.

"Ficamos sinceramente muito humildes com o pedido dele para nos juntarmos a ele. Os incontáveis ​​homens e mulheres que serviram em casa e no exterior serão homenageados com essa frase clássica: "todos deram um pouco, outros deram tudo".

Quando Cyrus escreveu "Some Gave All" em 1989, o agora icônico cantor e compositor country estava em um ponto particularmente baixo em sua vida. Sua esposa na época, Cindy Smith, o expulsou de casa e sua carreira musical parecia não decolar. Mas depois de uma semana particularmente proveitosa de composição depois de seus shows no Ragtime Lounge, em 1989, em Huntington, na Virgínia Ocidental, ele escreveu "Some Gave All".

Dois anos depois, a música chamou a atenção de Harold Shedd, da Mercury Records, que ganhou para Cyrus um contrato com a gravadora, e se tornaria a faixa-título do álbum de estréia de 1992, que tem mais de nove milhões de cópias vendidas.

Hoje, “Some Gave All” continua sendo uma peça essencial de composição inspirada em serviços, tanto que as palavras “todos deram um pouco, alguns deram tudo” são usadas para marcar memoriais de soldados mortos no Iraque e Afeganistão.

"Eu acho que é a razão pela qual eu comprei um violão e comecei uma banda", diz Cyrus sobre a música. “Se eu tivesse apenas escrito e gravado essa música, acho que já seria meu propósito e meu objetivo. "Some Gave All" tomou um espaço muito especial pela linha de nossas forças armadas ".

"Nosso produto coletivo foi tecido através do sangue, suor e lágrimas, mas fomos abençoados por podermos agora ficar na brecha e contar a história para aqueles que não podem mais", acrescenta Green

Cyrus recentemente gravou um cover de "Climb to Glory", de Eddy Raven, como parte de um projeto musical para beneficiar o TAPS (Programa de Assistência à Tragédia para Sobreviventes), uma organização que oferece "ajuda, esperança e cura para todos aqueles que estão sofrendo com a morte de um ente querido que servia nas Forças Armadas da América".

Ele foi indicado ao Evento Musical do Ano no CMA Awards de quarta-feira, 6, por sua colaboração com Lil Nas X, certificada pela RIAA Diamond, “Old Town Road (Remix)”. Cyrus e Lil Nas X também conquistaram quatro indicações ao American Music Awards por “Old Town Road (Remix).


Siga a @RSCountryBR nas redes sociais: